Loading...

terça-feira, 5 de julho de 2011


FOGO

Donde os Anjos dormem
Se Oculta o meu desejo
Escuro e Farto
Molhado e mórbido

Donde vivem os loucos
Se oculta minha magia
Forte e imoral
Imortal

Donde vivo
Incendeio e reproduzo o obscuro
Donde mora o medo
Mora meu amigo
Conselheiro e astuto
Divino

Que durmam os anjos
Acordem os insanos
Pois só assim inflamo


Stefano Fraga .'.


Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.

...

6 comentários:

  1. Stefano, gosto demais desse tipo de poesia, meio profana,meio gótica, onde se encontram anjos e insanidades. Gosto de sua poética, um exercício de confissão, onde você, mesmo que inconscientemente, nos coloca frente a frente com nossos impulsos e emoções.
    Quero mais!
    Karla Julia

    ResponderExcluir
  2. Muito Obrigado minha querida amiga. Você sempre me incentivando. Fique com DEUS !!!

    ResponderExcluir
  3. Você tem talento pra ser poeta sim! Pode se orgulhar!! Parabéns!!!

    ResponderExcluir
  4. Ir, gostei muito.
    Alto padrão de qualidade, com um final inesperado...Parabéns!

    ResponderExcluir
  5. Vlw meu querido Irmão. Fique com DEUS !!!

    ResponderExcluir